Papa São Eleutério (174-189)

2002
Último na lista de sucesseros de bispos de Roma transmitidos por Irineu (c. 180), ele foi o décimo segundo na linha inaugurada pelos apóstolos Pedro e Paulo, e décimo terceiro papa pela convenção que considerou São Pedro o primeiro. De acordo com o LP ele era grego de Nicópolis, no Épiro, e reinou quinze anos e três meses; Hegésipo, que estava em Roma nos anos 160, registra que ele era diácono do Papa Aniceto. O LP acrescenta que um rei britânico, Lucius, escreveu-lhe pedindo para ser feito um cristão. Esta enigmática história, que foi retomada por Beda e cronistas mais tardios, foi revelada ser uma confusão com Abgar IX, também chamado Lucius, rei de Edessa (Urfa emTurquia) no norte da Mesopotâmia, que mais tarde se converteu e pode ter enviado perguntas para o papa. Em 177/8, Eleutério recebeu um visita de Irineu de Lyon, trazendo uma carta da igreja de lá, então sofrendo perseguição grave, expondo as suas opiniões sobre * Montanismo, a ‘Nova Profecia’ recentemente começada na Frígia e agora o assunto de intensa discussão. A atitude do papa em relação a isso ainda não é clara, mas ele evidentemente não considerou como um perigo e não passou nenhum julgamento sobre a suas reinvidicações proféticas. Seu reinado foi pacífico e enquanto as fontes diferem sobre a data de sua eleição, parece que ele morreu no décimo ano do imperador Comôdo (180-92), ou seja 189. Ele é mencionado pela primeira vez como um mártir no Martirológio de Ado de Viene (compilado em 858).

Festa: 26 de maio.


J.N.D Kelly, The Oxford Dictionary of Popes. p.12.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: