Papa São Zeferino (198-217)

Saint_Zephyrinue.jpg
Não se sabe nada sobre o seu passado além do relato do LP (pelo que vale a pena) que ele era um romano, o filho de Habundius. Seu crítico cáustico Hipólito, depois antipapa, representou-o como simples, sem instrução, inexperiente nas decisões da igreja, e também avarento. Ele foi certamente um homem fraco e inclinou-se pesadamente em seu arquidiácono apto, e prático Calisto, quem ele tinha praticamente reabilitado. Ele dirigiu seu clero mais baixo através dele, e nomeou-o administrador do cemitério oficial da igreja agora possuía, Zeferino foi provavelmente o papa quem Tertuliano (r.225), agora transformado em * Montanista, reprovou por ter emitido inicialmente cartas reconhecendo o movimento montanista e depois revogou elas sob instigação de um Praxeas. Mas o mais amargo debates em Roma durante o seu pontificado foram Cristológicos. * Adocionismo, ou a visão que Jesus tinha sido um homem comum até seu batismo, ainda florescia apesar de sua condenação por Vitor I, com o banqueiro Teodotus e Asclepiodotus como seus líderes, e por um tempo um adocionista chamado Natálio se estabeleu como um bispo cismático assalariado. Ele caiu em si, no entanto, e Zeferino o readmitiu à comunhão depois de rigorosa penitência. Mais importante foi o modalismo ensinado por Noeto, Praxeas e Sabélio, que virtualmente obliterou as distinções
entre as pessoas da Trindade. Hipólito criticou Zeferino por não condena-lo, mesmo parecendo favorecer ele – De fato, a análise de uma fórmula credal publicado por ele deixa claro que Zeferino não era um modalista, mas estava preocupado em manter ao mesmo tempo a divindade de Cristo e sua distinção pessoal do Pai, embora ele não tivesse a terminologia necessária para fazê-lo efetivamente. Enquanto Zeferino foi papa o renomado Origenes (d. f.254), o maior dos contemporâneos intelectuais cristãos, visitou Roma, ‘sendo profundamente desejoso de pôr os olhos na igreja mais antiga ‘. A tradição de que ele morreu mártir não é apoiada por fontes antigas e deve ser rejeitada. Por outro lado, o LP ao relatar que seu local de sepultamento era ‘em seu próprio
cemitério perto do de Calisto ‘ na Via Ápia merece crédito.

Festa: 26 de Agosto


J.N.D Kelly, The Oxford Dictionary of Popes. pp. 13-14

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: