SANTÍSSIMA TRINDADE, MINHA LUZ

Recolher-me-ei todo em Deus.
Já não rocem em mim
as línguas humanas
mais que sopros de vento.

Estou cansado das vozes
de quem me repreende
ou de quem,
mais que o devido,
me exalta.

Busco a solidão, um lugar inacessível
ao mal, onde, com mente indivisa,
procurar o meu Deus
e suavizar minha velhice
com a doce esperança do Céu.

O que deixarei à Igreja?
Deixarei as minhas lágrimas!
Volto os pensamentos
à morada que não
conhece ocaso,
à minha querida Trindade,
única luz, da qual tão só
a sombra escura já me enternece.

(São Gregório Nazianzeno)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: