Papa Bento VIII (1012-1024)

heinrich-ii-and-his-wife-kunigunde-crowned-by-pope-benedict-viii-mural-G1GBRJ.jpg

Data de nascimento desconhecida; d. 9 de abril de 1024. O primeiro dos papas Tusculanos, sendo o filho de Gregório, Conde de Tusculum, e Maria, e irmão de João XIX, ele foi, apesar de um leigo, imposto à cadeira de Pedro pela força (18 de maio, 1012). No entanto, desalojando um rival, ele se tornou um governante bom e forte. Em 14 de fevereiro de 1014, ele coroou o rei alemão Henrique II, imperador (Thietmar, Cron., VI, 61), e sempre manteve amizade com ele. A paz da Itália foi promovida pela sua subjugação dos Crescentii, derrotando os sarracenos, e aliando-se com os normandos, que apareceram nas partes do sul em seu tempo. Indo para a Alemanha, ele consagrou a catedral de Bamberg (Ann. Altahen. Majores, 1020; Chron. Cass., II, 47), visitou o mosteiro de Fulda e obteve de Henrique um documento confirmativo das doações de Carlos Magno e Otão. Para conter os vícios da incontinência clerical e da simonia, ele manteve, com o imperador, um importante sínodo em Pavia (1022 – Labbe, Concilia, IX, 819), e apoiou a reforma que estava sendo efetuada pelo grande monastério de Cluny. Para promover o interesse pela paz, ele encorajou a “Trégua de Deus” e apoiou o avanço eclesiástico de Gauzlin, o irmão natural de Roberto, o Piedoso, rei da França. Isso ele fez porque, embora ilegítimo, Gauzlin era um homem bom, e seu irmão leal estava muito desejoso de sua promoção (cf. vida de Gauzlin, em “Neues Archiv.”, III). Bento VIII foi um dos muitos papas que foram chamados a intervir na luta interminável pela precedência entre os Patriarcas de Grado e de Aquileia (Dandolo, Chron., IX, 2, n. 2). Em 1022, ele recebeu Ethelnoth de Cantuária “com grande culto e muito honrosamente consagrou-o arcebispo”, e reintegrou em sua posição Leofwine, abade de Ely (A.S. Chron., 125, 6, R.S.). Um amigo de Santo Odilo, abade de Cluny, e um dos poucos papas da Idade Média que era ao mesmo tempo poderoso em casa e grande no exterior, Bento VIII, por motivos aparentemente insuficientes, foi acusado de avareza.


Tradução: http://www.newadvent.org/cathen/02428e.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: