A Anastácio, Patriarca de Antioquia [Epístolas de S. Gregório Magno: Livro I, Ep 26]

A Anastácio, Patriarca de Antioquia.

[O começo desta epístola é o mesmo da epístola VII para o mesmo Anastácio, na medida em que as palavras “ficam na margem da virtude”; após o qual continua como segue.]

Mas, quanto a você me chamando de boca e lanterna do Senhor, e alegando que eu ganho muitos falando, e sou capaz de dar luz a muitos, confesso que você me trouxe a um estado de maior dúvida em minha estimativa de mim mesmo. Pois considero o que sou e detecto em mim mesmo nenhum sinal de tudo isso. Mas também considero o que você é, e não acho que você possa mentir. Quando, então, eu acreditaria no que você diz, minha enfermidade me contradiz. Quando eu disputava o que é dito em meu louvor, sua santidade me contradiz. Mas eu lhe rogo, homem santo, vamos chegar a algum acordo nesta nossa competição, que, embora não seja como você diz, pode ser assim porque você diz isso. Além disso, eu tenho dirigido minha epístola sinodal a vocês, como aos outros patriarcas, seus irmãos; na medida em que comigo você é sempre o que lhe foi concedido para ser pelo dom do Deus Todo-Poderoso, sem levar em conta o que você não é considerado pela vontade dos homens. Eu dei algumas instruções para Bonifácio, o guardião (defensori), que é o portador desses presentes, para ele se comunicar com a sua santidade em particular. Além disso, enviei-lhes as chaves do abençoado apóstolo Pedro, que ama vocês, que costumam brilhar com muitos milagres quando colocados nos corpos de pessoas doentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: