POSSIBILIDADE DE SE RECEBER A SAGRADA COMUNHÃO NA MÃO

POSSIBILIDADE DE SE RECEBER A SAGRADA COMUNHÃO NA MÃO

“TOMAI E COMEI: ISTO É O MEU CORPO” (MATEUS 26 26).

“A comunhão eucarística foi ministrada nas mãos dos comandantes até o século IX. Você, porém, abusos e irreverências, que levaram a igreja a preferir da a Eucaristia na boca dos fiéis. Em nossos dias a praxe mais antiga foi restaurada sob certas condições, que visam garantir o respeito ao Santíssimo Sacramento. Uma declaração da Santa Sé enfatiza o direito dos fiéis de receber a comunhão na boca desde que o desejem”.(Lumen Cristo).

TERTULIANO DE CARTAGO

“O zelo da fé falará em lágrimas neste ponto: é possível que um cristão venha dos Ídolos para a igreja, da Oficina do adversário para a casa de Deus? Que levante as mãos – mães dos Ídolos – a Deus pai? que ore com aquelas mãos que, do lado de fora, oram contra Deus? E que se aproximem do corpo do Senhor aquelas mãos que conduzem os corpos aos demônios?(…) Como estendeis o corpo do Senhor as mesmas mãos que haveis levado corpos [=carnes imoladas] aos demônios [=ídolos]?(…) Ó escândalo! Os judeus puseram suas mãos em Cristo uma só vez, mas esses desgarram seu corpo todos os dias, ó mãos dignas de amputação!(…) que mãos merecem ser amputadas com mais razão do que aquelas que ultrajam o corpo do Senhor (da idolatria 7).

CIPRIANO DE CARTAGO

“Amemos nossa mão direita com a espada espiritual, para que rejeite fortemente os funestos sacrifícios; para que, recordando-se da Eucaristia, [a mão direita] que recebe o corpo do Senhor o abrace pessoalmente, ela que em pouco tempo haverá de receber do Senhor o prêmio das coroas Celestiais (carta 58,9).

“Mãos esclarecidas, que não foram feitas para outra coisa senão para a obra divina: resistiram aos sacrifícios sacrílegos; as bocas santificados pelos manjares Celestiais do corpo e sangue do Senhor rejeitaram o contágio com o profano e com o resto dos ídolos” (dos lapsos 2).

“[Os traidores] retornando dos Altares do diabo, aproximaram o [corpo] santo do Senhor às suas mãos sórdidas e infectadas pelo fedor [dos sacrifícios pagãos]. Tendo praticamente arrotado os alimentos dos Ídolos, assaltam agora o corpo do Senhor, com faces que ainda exalam [o fedor] de Seu Crime e fedem funestos contágios” [dos lapsos 15].

FIRMINIANO DA CAPADÓCIA

“Ademais que grande delito cometem aqueles que são admitidos ou admitem tocar o corpo e o sangue do senhor sem ter lavado suas manchas através do Batismo na igreja, ou não tendo deposto seus pecados, usurpando temerariamente a comunhão! Por isso, está escrito: quem quer que, indignamente, coma do pão ou beba do Cálice do Senhor, será réu do corpo e do sangue do Senhor” (carta 75,10 vírgula 21).

CIRILO DE JERUSALÉM

“Ao te aproximares, Não o faças com as mãos estendidas, nem com os dedos separados. Faze com a esquerda como um Trono no qual se assente a direita, que vai conter o Rei. E, no côncavo da Palma, recebe o corpo de Cristo, respondendo “Amém”. Com segurança, então, depois de santificados teus olhos pelo contato do Santo corpo, toma-o, cuidando para nada a perderdes, pois o que caísse por terra tu o perderias como se fossem teus próprios membros. Responde-me: se alguém te houvesse dado ouro em pó, não o faria com todo o dinheiro e não tomarias cuidado para que não te caísse das mãos e para que nada se perdesse? Sendo assim, não deves com Muito esmero cuidar de que não caia nem uma só migalha daquilo que é mais precioso do que o ouro e as pedras preciosas?(…) depois, aguardando a oração, dá Graças a Deus que te fez digno de tão grandes mistérios” (leituras catequéticas).

JOÃO CRISÓSTOMO

“Reflete, ó homem, de que sacrifício irás tocar, de que mesa irás se aproximar. Pensa que, embora seja terra e cinza, recebes o sangue e o corpo de Cristo” (homilia do natal do senhor 7).

“Não nos concedeu apenas Ver-lhe, como também tocar-lhe, comer-lhe e fincar os dentes em sua carne, unindo-nos a ele de uma maneira mais íntima” (homilia sobre João 46,3).

CONCÍLIO REGIONAL DE AUXERRE

“Uma mulher não pode receber a Eucaristia com sua mão nua (Canon 38).

Referência bibliográfica: a fé cristã primitiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: