O DECLÍNIO DO MOVIMENTO DE ÍCONES E A RESTAURAÇÃO DA VENERAÇÃO DE ÍCONES

O breve reinado de Leão IV (775 – 80) é um período de transição entre o pico da iconoclastia sob Constantino V e a restauração da veneração dos ícones sob Irene. Leão IV, filho de Constantino com seu primeiro casamento com uma princesa kazar, era por natureza um homem moderado. Os ataques ao culto à... Continuar Lendo →

A SIMBOLOGIA DA REVOLUÇÃO E DA MAÇONARIA

Como estamos verificando nos textos anteriores, uma imensa série de nomes e imagens foi tirada da antiguidade clássica para legitimar a nova fé revolucionária. Dois nomes relativamente negligenciados tiveram importância central para o desenvolvimento de uma identidade ideal em meio aos intelectuais revolucionários: a imagem do revolucionário como um Pitágoras moderno e de seu ideal... Continuar Lendo →

AS ORIGENS OCULTAS DA REVOLUÇÃO

A gnose revolucionáriaA visão de mundo primitiva dos revolucionários como uma luta dualista entre as forças das trevas e da luz pode ter se originado na concepção dos seguidores de Weishaupt de que seu grupo de eleitos, de “iluminados”, travava uma batalha contra “os filhos das trevas”, o nome categórico que davam ao mundo exterior.... Continuar Lendo →

AS ORIGENS OCULTAS DA REVOLUÇÃO

O ambiente da maçonariaContinuando nosso estudo sobre a relação maçonaria/Revolução:Vamos verificar a abordagem da organização revolucionária de Buonarroti, verificasse que esta fosse muito além de qualquer modelo maçônico, ela foi claramente influenciada pelo período de cinco anos de imersão em lojas maçônicas que ele passou em Genebra. Tão grande, na verdade, foi o impacto da... Continuar Lendo →

PADRE DA FSSPX REFUTA PADRE CALDERÓN

A EXTREMA DIREITA: O "MAGISTEROVACANTISMO"O título certamente fará o leitor sorrir. Na verdade, talvez este tenha sido o único “-ismo” ainda ausente entre os muitos que pontilharam a galáxia tradicionalista na era pós-conciliar (foram cunhados os termos sedevacantismo, sedeprivacionismo, anticonciliarismo e certamente muitos outros que escapam àqueles que, como este autor, geralmente preferem se ater... Continuar Lendo →

5 MITOS SOBRE A SANTA INQUISIÇÃO Texto da phd em História Medieval, Dra. Marian Horvat

Para a sensibilidade do século XX, falar de “Santa” e “Inquisição” na mesma frase parece uma contradição. Nunca houve um assunto tão escrito - ou calado - como a Santa Inquisição. A mentalidade moderna tem uma dificuldade natural na compreensão de uma instituição como a Inquisição, porque o processo inquisitorial não foi baseado em doutrinas... Continuar Lendo →

O PAPADO NA IGREJA PRIMITIVA, PARTE 3

Dando continuidade falando sobre os acontecimentos durante o papado de Santo Higino, Santo Irineu (130-202), bispo de Lyon, relata um fato interessante ocorrido nesse período: hereges buscavam a cabeça da Igreja para ataca-la universalmente, e sempre buscavam Roma. Os historiadores franceses Jules Lebreton e Jacques Zeiller comentam o ocorrido em que o teologo gnóstico Valetino,... Continuar Lendo →

A REBELDIA DE UM MONGE

A REBELDIA DE LUTERO Bula Exsurge Domine de Leão X (15/06/1520) É sabido que Martinho Lutero (1483-1546) conhecia os escritos de Hus já antes de sua ruptura com a Igreja. Religioso agostiniano em 1505, sacerdote em 1507, foi pro fessor na Universidade de Wittenberg de 1511 até à morte. Seu pensamento teológico esteve em continua... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑